Andreas Gursky, a busca pela imagem insuperável

Considerado o “mestre do segundo olhar”, o fotógrafo alemão Gursky conduz o nosso olhar em meio a uma fusão de personagens e objetos, através de um trabalho singular.A leitura aqui pode ser feita de duas maneiras, ou de diferentes distâncias.

001

O observador que se aproxima pode “ler” a imagem, e perceber seus mínimos detalhes. Ao longe, as mesmas imagens mais parecem “megadesenhos”, nada a ver com a realidade anterior.

002

São fotografias que reproduzem a vida em seus mínimos detalhes e nós somos apenas expectadores. Pode-se entrar num apartamento, mesmo sem nunca ter conhecido alguém de lá, ver pessoas conversando , mas apenas olhar, e sentir, claro.

005

A interatividade fica dentro da mente.As cores vibrantes, as formas retas e as arredondadas perfeitas, tudo parece muito previsível, até que se chegue perto. Fica aqui a impressão de um trabalho de grande paradoxo: a união entre imagens panorâmicas e o detalhismo absoluto. Coisas que a fotografia não explica, mas faz questão de nos mostrar.

003

http://www.mediaquatro.com

Anúncios

2 Respostas para “Andreas Gursky, a busca pela imagem insuperável

  1. Eu gosto muito desse “exercício” de mudar o olhar e de fazer a forma mudar de significado em função disso. Muito legal, Eugênia. Adorei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s