Crowdfunding, o negócio

Para escrever o artigo da última semana, sobre Crowdfunding (veja aqui), circulei por vários lugares e descobri coisas interessantes. Uma delas é que se dá para ter dúvidas do sucesso que um negócio qualquer pode ter com crowdfunding, o mesmo não acontece com o negócio de crowdfunding em si – quer dizer, o negócio de oferecer uma plataforma para captação de recursos -, que cresce e se consolida.

O número de empresas no negócio de crowdsourcing e crowdfunding não é pequeno. A empresa de pesquisas Massolution reúne 2.488 registros em seu diretório de plataformas crowd (acesse aqui).  Segundo uma pesquisa da mesma empresa, em 2012, só o negócio de crowdfunding gerou 1 milhão de campanhas bem sucedidas de captação, envolvendo 2,7 bilhões de dólares no mundo todo.

Um artigo do começo de abril de 2013, na Venture Beat/VB, comenta estes e outros resultados dessa pesquisa (leia aqui a íntegra em inglês), que reuniu informações de 308 plataformas ativas de crowdfunding (CFPs, na sigla em inglês) no mundo. A pesquisa mostra que a indústria de crowdfunding cresceu 81% em 2012, relativamente ao ano anterior, e que América do Norte, em primeiro, e Europa, em segundo lugar, dominam o mercado, com uma participação conjunta de 95% do total dos recursos captados. O infográfico é da Statista (http://www.statista.com/chartoftheday/).

normal-ChartOfTheDay_1034_Funds_raised_through_crowdfunding_in_2012_n

América do Sul: só não é menor que a África. 

Ainda segundo a matéria na VB, a Massolution, que é especializada nas indústrias de crowdsourcing e crowdfunding industries, divulgou a previsão de uma captação total de 5,1 bilhões de dólares em 2013, a América do Norte respondendo por 72% desse valor.

O gráfico abaixo, que eu já coloquei no artigo anterior sobre crowdfunding, mostra as 10 categorias mais ativas em 2012. As causas sociais responderam por 30% dos valores totais transacionados, mas a expectativa da Massolution é de que esse percentual diminua, à medida em que se consolide o uso das plataformas por empresas e empreendedores.

2013cf-crowdfunding-platform-activity

As mudanças já foram visíveis em 2012. Em janeiro, o projeto Elevation Dock conseguiu o feito de ser o primeiro a captar pela primeira vez mais do que 1 milhão de dólares; em abril, o projeto Pebble smartwatch conseguiu a mesma captação em somente 28 horas, tendo captado 10 milhões de dólares no total. Videogames também fizeram sucesso também fizeram sucesso, levantando 83 milhões de dólares, só no Kickstarter.

Mas, o mais interessante é que, embora o crowdfunding relacionado a empréstimos, doações e prêmios de compensação tem liderado o uso das plataformas, a expectativa é de que a indústria caminhe na direção de ter um crescimento importante das captações baseadas em participações de investidores  – ou “equity-based crowdfunding”, em inglês. Segundo o CEO da Massolution, Carl Esposti, espera-se que a captação baseada em equity atinja 166 milhões de dólares em 2013, bem acima dos 116 milhões de dólares em 2012.

2013cf-funding-probabilities

Quando se trata de equity, a lei passa a ter particular importância. E os Estados Unidos aprovaram uma em abril de 2012- o JOBS Act* – , para permitir que investidores não-qualificados (quer dizer, sem qualificação especial) possam comprar equities através de crowdfunding. A lei deve entrar em vigor no final de 2013. . (*) Jumpstart Our Business Startups (JOBS) Act. 

O infográfico abaixo resume (ainda que em inglês) o que diz o JOBS Act. É interessante ver, com todos esses números e informações como aqui no Brasil estamos bem longe do resto do mundo.

jobs-act-infographic

Sugestões de Leitura:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s